Tamanho do texto

Ações do banco operam em alta de quase 3% nesta manhã, enquanto Ibovespa registra queda de 1,4%

O Santander Brasil anunciou nesta quinta-feira que seu conselho de administração aprovou um novo programa de recompra de ações, que prevê a retirada de até 57 milhões de units ou American Depositary Receipts (ADRs) da instituição em circulação.

As units envolvidas no programa de recompra representam 3.135.346.633 ações ordinárias e 2.850.315.121 preferenciais e correspondem a 1,5 por cento do capital social total do banco, segundo comunicado ao mercado.

Se considerada a cotação de fechamento do papel na quarta-feira, de 13,90 reais, a operação envolvendo apenas as units pode resultar em até 792,4 milhões de reais.

Com isso, o Santander substitui o programa de recompra de units atualmente em vigor, aprovado em novembro de 2010, cujo prazo expiraria em novembro próximo.

O programa tem duração de 365 dias, encerrando-se em 24 de agosto de 2012, ainda de acordo com o documento.

Conforme a instituição, a recompra visa "maximizar a geração de valor para os acionistas por meio de uma administração eficiente da estrutura de capital e viabilizar o gerenciamento de risco decorrente da prestação, pela companhia, dos serviços de formador de mercado no Brasil de certos fundos de índice (de referência de tais fundos)".

As ações do Santander registravam valorização de 2,9 por cento às 11h25, cotadas a 14,30 reais, enquanto o Ibovespa caía 1,4 por cento.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.