Tamanho do texto

Algumas empresas lançam debêntures com remuneração que equivale a quase o lucro operacional, anulando pagamento de IR e CSLL

selo

A Receita Federal anunciou hoje que a fiscalização atuará mais fortemente no mercado de debêntures em 2012. Algumas empresas fazem o lançamento de debêntures com remuneração que equivale a praticamente o lucro operacional e, com isso, anula o pagamento de Imposto de Renda e CSLL.

Leia : Autuações da Receita Federal batem recorde em 2011

O coordenador-geral de Fiscalização, Iágaro Martins, explicou que as debêntures são lançadas em oferta privada para acionistas ligados à própria empresa, que paga juros elevados. A operação também permite uma remuneração disfarçada para os acionistas, que também pagam menos imposto de renda. 

Em 2012, além de seguradoras disfarçadas de associações, a Receita também vai mirar a fiscalização em lucros obtidos com participação no exterior, contribuições previdenciárias devidas por entidades que se dizem filantrópicas (inclusive ONGs), entre outras.