Tamanho do texto

Mercado teme demanda mais fraca pela commodity nos Estados Unidos; já o Brent subiu, devido à perspectiva de oferta apertada

selo

Os preços dos contratos futuros do petróleo fecharam em queda na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), pressionados por receios com o cenário de estoques elevados e demanda fraca pela commodity nos EUA. Na plataforma ICE, no entanto, o valor do barril do petróleo tipo Brent subiu, com a perspectiva de oferta relativamente apertada de barris dessa variedade.

Na Nymex, o contrato do petróleo WTI para julho caiu US$ 1,99, ou -2%, para US$ 97,30 por barril, com mínima de US$ 96,13 por barril durante a sessão - menor nível desde 20 de maio. Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para julho avançou US$ 0,32, ou 0,27%, para US$ 119,10 por barril.

Operadores disseram que o petróleo WTI da Nymex e o petróleo tipo Brent da ICE estão operando sob diferentes fundamentos. No caso do Brent, que serve de referência para o mercado europeu, os preços recebem suporte do fato de a Líbia ter deixado de produzir a commodity e das tensões na Nigéria. Já o WTI segue pressionado pelo fato de os estoques norte-americanos de petróleo ainda estarem acima da média dos últimos cinco anos quando comparados com a demanda local.

Diante disso, a diferença de preços entre as duas variedades de barris atingiu um novo recorde nesta segunda-feira, de US$ 21,80.

Segundo Gene McGillian, operador e analista da Tradition Energy, o valor do petróleo WTI está numa faixa que vai de US$ 95 a US$ 105 por barril desde o início de maio e não deve sair desse intervalo tão cedo. "Há muita incerteza em relação à economia dos EUA" e o rebaixamento do rating da Grécia pela Standard & Poor's hoje cedo gerou receios em relação à recuperação mundial, avaliou. As informações são da Dow Jones.

Leia mais:

- Barclays vê gasto com E&P de petróleo acima de US$ 500 bi no ano

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.