Tamanho do texto

Companhia anglofrancesa atribui decisão à crise financeira internacional

RIO DE JANEIRO - A subsidiária no Brasil da companhia petrolífera anglofrancesa Perenco informou nesta quarta-feira que cancelou o pedido de lançar ações na Bolsa de São Paulo perante a deterioração das condições do mercado.

A Perenco Petróleo e Gás do Brasil Participações informou em comunicado enviado à bolsa que "cancelou o pedido de registro de oferta pública de distribuição primária de ações (IPO) da companhia devido à deterioração das condições de mercado".

A companhia petrolífera, que apresentou o pedido em junho com planos de oferecer até R$ 1 bilhão em ações, já tinha solicitado em 1º de julho a interrupção temporária do processo de análise de sua proposta pelos investidores. Contudo, deixou claro que, apesar de ter decidido não cotar no mercado brasileiro, manterá seu plano de negócios no país.

A Perenco, em associação com a companhia petrolífera brasileira OGX, se adjudicou em março de 2008 a concessão para explorar e explodir cinco blocos petrolíferos em águas profundas na bacia marinha do Espírito Santo. A empresa anglofrancesa é a operadora nas cinco concessões, que são contíguas e têm profundidade de entre 100 e 2.000 metros, e opera em 16 países da Europa, África, América do Sul e Oriente Médio.