Tamanho do texto

Na plataforma ICE, no entanto, o contrato do petróleo tipo Brent teve valorização

selo

Os preços dos contratos futuros do petróleo fecharam em queda na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), pressionados por receios com a crise da dívida soberana da Grécia e por dados que mostraram estabilidade nos gastos com consumo dos EUA em maio ante abril. Na plataforma ICE, no entanto, o contrato do petróleo tipo Brent teve valorização.

"Essa é a semana que antecede o feriado. O mercado está volátil e sem muita direção", disse Carl Larry, diretor de pesquisa e derivativos de energia da Blue Ocean Brokerage, referindo-se ao feriado da independência dos EUA, em 4 de julho.

O contrato do petróleo para agosto negociado na Nymex caiu US$ 0,55, ou 0,60%, para US$ 90,61 por barril. Desde quinta-feira, quando a Agência Internacional de Energia (AIE) anunciou que vai liberar parte de suas reservas estratégicas da commodity e derivados para abastecer o mercado, o contrato já perdeu US$ 5.

A decisão da AIE atraiu críticas dos principais produtores de petróleo do mundo, que estão preocupados com a possibilidade de isso provocar um declínio agudo no preço da commodity. Durante uma entrevista coletiva hoje, o secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Abdalla Salem El-Badri, disse que a liberação das reservas é desnecessária.

Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para agosto subiu US$ 0,87, ou 0,82%, para US$ 105,99 por barril, em razão de ajustes de posições baseados na diferença de preços entre esse contrato e do petróleo negociado na Nymex, segundo Jim Ritterbusch, diretor da consultoria Ritterbusch and Associates. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.