Tamanho do texto

"Somente assim os países europeus em crise estarão em posição de continuar tendo acesso ao dinheiro", disse líder

selo

O presidente do Partido Social Democrata da Alemanha (SPD), Franz-Walter Steinmeier, que faz oposição à legenda da chanceler alemã, Angela Merkel, lançou seu apoio à introdução de títulos para zona do euro, que seriam emitidos em nome de todos os 17 governos pertencentes ao bloco, de acordo com uma entrevista publicada pela revista Der Spiegel durante o final de semana.

Veja também:

Merkel espera aprovação da mudança de fundo de resgate

"Eles virão de qualquer maneira, porque somente assim os países europeus em crise estarão em posição de continuar tendo acesso ao dinheiro", disse ele à publicação. Steinmeier acrescentou, contudo, que qualquer suporte por meio da União Europeia (UE) deve estar associado a exigências rigorosas.

Ele também descartou uma grande coalizão depois das próximas eleições parlamentares. "Na Alemanha, não haverá uma grande coalizão novamente num futuro próximo", disse o presidente do SPD à Der Spiegel. O governo anterior do país era uma aliança entre a União Democrata Cristã (CDU), a qual Merkel pertence, e o SPD. Na atual coalizão do CDU, o Partido Democratas Livres (FDP) é o parceiro.

Steinmeier também rejeitou uma entrada no governo, se a atual coalização entrar em colapso antes das próximas eleições, previstas para 2013, de acordo com a revista. "Dúvidas sobre a coalização ou mesmo uma mudança de governo não estão na agenda no momento", disse ele. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas