Tamanho do texto

O fluxo cambial acumula ingresso líquido de US$ 12,842 bilhões em outubro até a última sexta-feira, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira pelo Banco Central. Os números mostram um cenário bastante diferente do observado em igual período de outubro de 2008, quando US$ 3,177 bilhões deixaram o País, em meio ao agravamento da crise financeira internacional.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237577601036&_c_=MiGComponente_C

Segundo o BC, o resultado preliminar de outubro é liderado pela conta financeira, que acumula entrada líquida de US$ 12,022 bilhões, no período, resultado de compras de US$ 32,393 bilhões e vendas de US$ 20,371 bilhões.

Além disso, a conta comercial voltou a operar no azul e contribuiu com saldo positivo de US$ 820 milhões neste mês até o dia 23. Nesse segmento, as exportações atingiram US$ 9,765 bilhões e as importações, US$ 8,945 bilhões.

No acumulado do ano até o dia 23 de outubro, o fluxo cambial registra ingresso líquido de US$ 21,099 bilhões.

O valor foi obtido pela contribuição positiva de US$ 12,171 bilhões do segmento financeiro, que, com o forte ingresso de recursos em outubro, passou a ter peso maior que a conta comercial, que contribuiu nesse mesmo período com US$ 8,929 bilhões para o fluxo cambial. Em igual período de janeiro a outubro de 2008, o fluxo cambial registrava entrada líquida de US$ 14,011 bilhões.

Leia mais sobre dólar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.