Tamanho do texto

Preços dos contratos futuros do ouro fecharam em leve alta, ganhando força em meio a sinais de que a Europa está progredindo

selo

Os preços dos contratos futuros do ouro fecharam em leve alta, ganhando força em meio a sinais de que a Europa está progredindo em suas medidas para conter a crise das dívidas e, dessa forma, diminuindo o risco de uma redução grave na oferta de crédito - algo que vinha pesando sobre os preços do metal desde o final do ano passado. O declínio forte e inesperado num índice sobre a confiança dos consumidores dos EUA, no entanto, limitou os ganhos. 

Ontem, representantes da União Europeia endossaram a criação de um mecanismo de auxílio financeiro permanente para os países da região, a partir de julho, e também decidiram apoiar um pacto para punir as nações que gastarem mais do que possuem a partir de 2013. As propostas ainda precisam ser ratificadas, mas diminuíram a preocupação com a possibilidade de um aperto profundo no crédito. Esse receio havia levado investidores a liquidar ativos como o ouro para aumentar suas posições de liquidez nas últimas semanas. 

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato do ouro para abril (de maior liquidez) subiu US$ 6,00, ou 0,34%, para US$ 1.740,40 por onça-troy. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.