Tamanho do texto

Contrato do ouro para fevereiro negociado na Comex subiu US$ 7,40, ou 0,46%

selo

O preço do ouro no mercado futuro fechou em leve alta e no maior nível em três semanas, com investidores voltando a procurar abrigo no metal contra eventuais turbulências na economia. "As pessoas que estavam preocupadas com suas posições em ouro provavelmente saíram do mercado em 2011", disse Adam Klopfenstein, estrategista de mercado da Archer Financial Services, acrescentando que o valor do metal atualmente está relativamente baixo e desperta interesse. 

O contrato do ouro para fevereiro negociado na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex) subiu US$ 7,40, ou 0,46%, para US$ 1.620,10 por onça-troy. 

Alguns investidores compram ouro, considerado um ativo seguro, durante períodos de crise. Nesta semana, as notícias de que a Europa estaria estudando impor um embargo ao petróleo produzido no Irã serviu como argumento para o mercado voltar a se interessar pelo metal precioso. O governo iraniano ameaçou bloquear o estreito de Ormuz se os europeus impuserem mais sanções comerciais ao país. 

Por esse e por outros fatores, como a possibilidade de uma crise de aperto de crédito nos países desenvolvidos, analistas acham que os preços do ouro vão subir neste ano. "O metal deve ser beneficiado por condições negativas para a economia mundial", disse James Steel, do HSBC, numa nota. O banco acredita que o valor médio do ouro será de US$ 1.850 por onça-troy em 2012, projeção 9% menor que a anterior, mas que ainda assim implica alta em relação a 2011. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas