Tamanho do texto

Oferta secundária da Metal Leve pode levantar R$366 mi

SÃO PAULO (Reuters) - A Mahle Metal Leve divulgou nesta quarta-feira os termos de sua oferta pública secundária de ações que pode movimentar 366 milhões de reais em meio à migração da empresa para o Novo Mercado da Bovespa.

A oferta da fabricante de autopeças envolve a venda de 6.563.230 ações ordinárias, e pode ser ampliada para 7.547.715 papéis, incluindo lote suplementar.

Com isso, ao preço de encerramento das ações na terça-feira, 48,50 reais, a oferta pode movimentar cerca de 366 milhões de reais.

A oferta acontece depois que a companhia aprovou, em outubro do ano passado, reestruturação com o objetivo de migrar a empresa ao Novo Mercado. Na ocasião, a Mahle Metal Leve informou que iria avaliar uma oferta secundária para alcançar nível de 25 por cento de ações em circulação.

A Mahle Metal Leve tem cerca de 8 mil funcionários e fábricas em Mogi Guaçu (SP), Indaiatuba (SP), São Bernardo do Campo (SP), Itajubá (MG) e Queimados (RJ), e na Argentina, em Rafaela. A companhia fabrica componentes como pistões, bronzinas, bielas, sistemas de trem de válvulas, filtros automotivos e industriais.

O período de reserva para investidores interessados na emissão coordenada por Itaú BBA, banco Fator e Deutsche Bank vai de 22 a 29 de junho e a fixação do preço das ações ocorre em 30 de junho. O início dos negócios dos papéis na Bovespa está marcado para 5 de julho.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.