Tamanho do texto

Agência aponta bons resultados em razão da política fiscal do município

SÃO PAULO - A elevação do rating da cidade do Rio de Janeiro de Baa3 para Baa2 pode ocorrer antes mesmo de novembro, afirma Patrício Esnaola, analista da agência de classificação de risco Moody's responsável pela nota soberana da "Cidade Maravilhosa".

Segundo Patrício, o governo do município tem executado políticas fiscais que têm surtido bons resultados. "Esperamos que esse desempenho continue. A elevação da nota poderia até ser antecipada caso reconhecermos que a execução [das contas] é boa", explica o analista. Segundo ele, a agência já analisa os dados fiscais preliminares do município.

Em novembro do ano passado a agência atribuiu perspectiva "positiva" para a dívida municipal do Rio, o que significa que a Moody's deveria revê-la entre 12 e quinze meses.

No dia 2 deste mês, a Moody's já havia destacado em relatório como fatores positivos do perfil da dívida carioca o "desempenho financeiro favorável, apoiado por uma gestão fiscal prudente; carga de dívida menor e economia ampla e diversa, o que sustenta uma forte base de receitas próprias".

Durante o dia, a secretária de Fazenda do município do Rio de Janeiro, Eduarda La Rocque, demonstrou expectativa de que o rating poderia ser elevado até o final do ano.