Tamanho do texto

Operação, conforme documento ao mercado, envolverá a emissão de debêntures conversíveis em ações no prazo de três anos

A MPX, braço de energia elétrica do grupo EBX, do empresário Eike Batista, informou na noite de quarta-feira que foi aprovada a operação de capitalização da companhia no valor de R$ 1,369 bilhão.

A operação, conforme documento ao mercado, envolverá a emissão de debêntures conversíveis em ações no prazo de três anos, com valor unitário de R$ 63.

Em 10 de março, a empresa já havia informado que o braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, BNDESPar, faria aporte de R$ 600 milhões, enquanto Gávea Investimentos e o próprio Eike participariam da operação com R$ 200 milhões cada um.

Acionistas minoritários da MPX poderão adicionar à transação os R$ 369 milhões restantes.

A MPX afirmou na ocasião que os recursos captados seriam utilizados para "acelerar execução da MPX Parnaíba e MPX Colômbia", unidades da companhia para produção de gás natural e carvão mineral, respectivamente.