Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os três meses até setembro significaram para o Morgan Stanley um lucro consolidado aplicável à instituição de US$ 313 milhões, ou 67% mais enxuto do que os US$ 936 milhões registrados em mesmo período de 2009

SÃO PAULO - Os três meses até setembro significaram para o Morgan Stanley um lucro consolidado aplicável à instituição de US$ 313 milhões, ou 67% mais enxuto do que os US$ 936 milhões registrados em mesmo período de 2009. O banco apurou, contudo, prejuízo aplicável aos detentores de ações ordinárias, de US$ 91 milhões, uma inversão da direção verificada no terceiro trimestre do ano passado, quando ganhou US$ 498 milhões. As receitas líquidas consolidadas ficaram em US$ 6,779 bilhões no trimestre, o que representa queda de 20% em comparação com os US$ 8,468 bilhões dos três meses terminados em setembro de 2009. O Morgan Stanley divulgou ainda uma reestruturação do FrontPoint Partners, sua unidade de fundo de hedge. Os administradores de portfólio e a administração sênior do FrontPoint vão deter uma participação majoritária na divisão e o Morgan Stanley vai ficar com a fatia menor. (Juliana Cardoso | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.