Tamanho do texto

Banco registrou ganhos de R$ 3,6 bilhões no período; empréstimos têm alta de 22% frente a 2010

selo

O Itaú Unibanco anunciou hoje lucro líquido de R$ 3,603 bilhões no segundo trimestre de 2011, alta de 13,8% ante o mesmo período do ano passado. Na comparação com os primeiros três meses do ano, a alta foi de 2,1%. O banco registrou R$ 7,1 bilhões de lucro líquido no primeiro semestre de 2011, alta de 11,45% em relação ao mesmo período do ano passado.

O banco também informou o lucro líquido recorrente de R$ 3,317 bilhões no segundo trimestre de 2011, praticamente estável ante o mesmo período do ano passado. A diferença entre o resultado contábil ocorre por conta de provisões feitas pelo banco para contingências de planos econômicos do passado e pagamento de tributos federais.

O retorno patrimonial sobre o lucro recorrente foi de 20,4%, abaixo dos 24,4% do segundo trimestre de 2010. Os ganhos no segundo trimestre foram puxados pela expansão dos empréstimos e por maiores receitas com serviços financeiros, segundo o relatório da administração.

Um dos destaques do resultado foi a evolução de 22% nos empréstimos na comparação com junho do ano passado. A carteira total, incluindo avais e fianças, fechou junho com saldo total de R$ 360 bilhões. Na comparação com março, houve crescimento de 4,4%.

A receita com serviços financeiros cresceu 11% em 12 meses. O retorno anualizado sobre o patrimônio líquido médio foi de 22,2% no segundo trimestre, ante 23,4% no mesmo período de 2010. Os ativos totais do banco somaram R$ 792 bilhões, crescimento de 22,4% na comparação semestral.

Já o patrimônio líquido cresceu 20% e terminou junho em R$ 66,082 bilhões. O resultado bruto da intermediação financeira ficou em R$ 24,3 bilhões, alta de 17,3% ante o número do mesmo período do ano passado.