Tamanho do texto

Terceiro maior banco francês em capitalização de mercado teve ganhos de 339 milhões de euros no período

selo

O Crédit Agricole, terceiro maior banco francês em capitalização de mercado, anunciou uma queda de 11% no lucro líquido do segundo trimestre, afetado por uma pesada baixa contábil no valor de sua carteira de títulos do governo da Grécia e de sua participação no Emporiki Bank.

O lucro líquido no trimestre encerrado em 30 de junho totalizou 339 milhões de euros (US$ 488,684 milhões), contra 379 milhões de euros do mesmo período de 2010, apoiado na forte receita obtida em atividades de varejo na França. O dado ficou abaixo das expectativas de analistas, que projetavam lucro líquido de 465 milhões de euros.

Como outros bancos europeus, o Crédit Agricole registrou baixas contábeis ligadas às aplicações na Grécia e ao plano de resgate para esse país. A receita do trimestre aumentou 1,1%, para 5,53 bilhões de euros. As informações são da Dow Jones.