Tamanho do texto

Companhia vai atribuir aos acionistas uma ação nova para cada lote de dez da mesma espécie que forem titulares

A Itaúsa informou ao mercado nesta segunda-feira que vai propor capitalização de reservas de lucro de R$ 2,8 bilhões e bonificação de 10% em novas ações ordinárias e preferenciais aos acionistas.

Para isso, a companhia vai atribuir aos acionistas uma ação nova para cada lote de dez da mesma espécie que forem titulares, com base na posição acionária de 26 de abril.

A companhia também informou que emitirá novas ações ordinárias e preferenciais, no valor de R$ 500 milhões, que serão subscritas entre 2 e 31 de maio, com base na posição acionária no mesmo dia da bonificação.

Além disso, a Itaúsa propôs a elevação do dividendo trimestral, de R$ 0,014 para R$ 0,015 por ação, a partir do pagamento em 2 de julho, para acionistas da companhia em 31 de maio.

"Essa elevação e a bonificação em ações representarão incremento de 17,9% nos dividendos pagos trimestralmente pela companhia aos acionistas", segundo a Itaúsa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.