Tamanho do texto

Banco registrou ganhos de 511 milhões de euros no segundo trimestre do ano

selo

O banco italiano UniCredit informou hoje que fechou o segundo trimestre de 2011 com lucro líquido de 511 milhões de euros (US$ 730,38 milhões), superando os 148 milhões de euros do mesmo período do ano passado, mas abaixo dos 810 milhões de euros do primeiro trimestre de 2011.

Segundo a instituição, a melhora do resultado reflete a contração nas provisões contra empréstimos duvidosos, apesar das perdas de 105 milhões de euros por exposição na dívida soberana da Grécia. O maior banco da Itália, em termos de ativos, tem sido fortemente atingido pela turbulência com a dívida soberana na zona do euro, agora com foco voltado para o país.

O ganho líquido com juro caiu 1,3% para 3,90 bilhões de euros, mas o resultado líquido com transações de ativos subiu para 290 milhões de euros, de 58 milhões de euros no mesmo período do ano passado. As provisões contra crédito duvidoso cederam 31%, para 1,18 bilhão de euros.

Os custos operacionais permaneceram em 3,92 bilhões de euros. Nos últimos três meses, as ações do UniCredit caíram 27%, reduzindo seu valor de capitalização de mercado para cerca de 23 bilhões de euros, com investidores temendo deterioração de sua posição na dívida soberana italiana e que a instituição anunciasse medidas para fortalecer seu capital.

A instituição disse também que já concluiu 85% das captações para financiar suas operações este ano, o que indica que o salto de julho no custo de captação para a Itália não deve afetar de forma relevante o banco. As ações do Unicredit subiram perto de 4% com a divulgação do balanço. As informações são da Dow Jones.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.