Tamanho do texto

No primeiro semestre, investidores alocaram US$ 9,7 bi em ações brasileiras, três vezes mais que em igual período de 2009, diz BC

selo

Investidores estrangeiros aplicaram US$ 1,637 bilhão em ações brasileiras em junho, de acordo com dados divulgados hoje pelo Banco Central (BC). O desempenho é explicado especialmente pelo movimento com as ações negociadas no País, que atraíram US$ 1,923 bilhão. Em contrapartida, os papéis negociados no exterior registraram saída de US$ 286 milhões. Em junho de 2009, estrangeiros se desfizeram das ações brasileiras em um a quantia equivalente a US$ 85 milhões.

No acumulado do primeiro semestre de 2010, esses investidores alocaram US$ 9,737 bilhões em ações brasileiras, patamar três vezes superior ao observado em igual período de 2009, quando os negócios somaram US$ 3,030 bilhões. O BC também informou que estrangeiros adquiriram US$ 1,347 bilhão em títulos de renda fixa em junho, sendo US$ 1,416 bilhão em títulos negociados no País. Esse desempenho mais que compensou a saída, em US$ 69 milhões, registrada nos negócios de estrangeiros em títulos brasileiros feitos no exterior.

No acumulado dos seis primeiros meses do ano, os estrangeiros aplicaram US$ 13,422 bilhões em renda fixa. No mesmo período de 2009, eles se desfizeram de títulos brasileiros em US$ 768 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.