Tamanho do texto

Notícia de que a economia espanhola entrou em recessão também preocupou investidores europeus

selo

As bolsas europeias fecharam em baixa nesta terça-feira após dados desapontadores sobre a confiança do consumidor nos Estados Unidos. O índice pan-europeu Stoxx 600 caiu 0,45%, fechando a 266,92 pontos, depois de ter atingido 270,06 mais cedo.

Leia também: Bovespa abre sem direção definida hoje

Os consumidores dos EUA permaneceram confiantes em relação à economia e ao mercado de trabalho em março, mas as preocupações com a inflação se ampliaram neste mês, segundo dado divulgado pelo Conference Board.

O índice de confiança do consumidor recuou a 70,2 em março, após ter caído quase dez pontos em fevereiro, para 71,6 (dado revisado, de 70,8). A previsão dos economistas era de que o índice ficaria em 70. "No momento, parece haver uma grande quantidade de incertezas", disseram analistas do Nomura em uma nota.

Leia também: Economia espanhola caiu novamente no primeiro trimestre de 2012

A companhia francesa Total registrou queda de 6% em meio a um vazamento de gás que teve início no domingo no campo Elgin, no Mar do Norte, e que ainda está em curso. O índice CAC 40, da Bolsa de Paris, recuou 0,92%, para 3.469,59 pontos. Do lado positivo, as ações da Accor subiram 3,7% após o Société Générale avaliar melhor as ações da companhia. Capgemini registrou alta de 1,1%.

Na Bolsa de Frankfurt, o índice DAX ficou estável, fechando a 7.078,90 pontos. Lufthansa registrou alta de 2,2% após o JPMorgan avaliar de maneira positiva os papéis da companhia aérea. Volkswagen subiu 1,1%.

Em Londres, o índice FTSE caiu 0,56%, a 5.869,55 pontos. BP teve baixa de 2,9% e Royal Dutch Shell recuou 1,3%. Wolseley registrou queda de 3,3%. Por outro lado, Royal Bank of Scotland subiu 3,3%.

Em Madri, o índice Ibex 35 caiu 1,03%, para 8.140,30 pontos. Em Portugal, o índice PSI 20, da Bolsa de Lisboa, teve alta de 0,16%, para 5.654,42 pontos. Na Itália, o FTSE MIB registrou baixa de 0,72%, para 16.498,73 pontos. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.