Tamanho do texto

Índice VIX chegou a romper a marca de 40 pontos nos últimos dias; durante a crise de 2008, índice quebrou barreira de 80 pontos

Comprotamento do índice VIX
Divulgação
Comprotamento do índice VIX
O índice que mede a volatilidade do mercado de ações nos EUA, o CBOE Volatility Index (VIX), voltou a superar a marca de 40 pontos nos últimos dias após o nervosismo causado com a crise da dívida americana e o rebaixamento da classificação de risco de crédito do país pela S&P.

“A volatilidade voltou aos mercados, mas ainda estpa longe dos patamares de 2008”, afirma o diretor da Título Corretora, Márcio Cardoso.

No dia 27 de outubro de 2008, após a quebra do banco Leham Brothers, o índice rompeu a barreira de 80 pontos.

Nesta terça-feira, o VIX já cedeu para 36 pontos, mas chegou a ser cotado acima de 47 ao longo do dia dia. Na segunda-feira, o índice fechou em 48 pontos.

A última vez em que o VIX havia superado a marca de 40 pontos foi em maio de 2010, quando os mercados foram abalados pela crise na Grécia e os temores em relação ao futuro da União Europeia.

O CBOE Volatility Index é um índice atrelado aos preços das opções de ações que compõem o S&P 500 e mede as expectativas de curto prazo de volatilidade do mercado. O VIX foi introduzido em 1993.