Tamanho do texto

Índice europeu de ações fecha em baixa pelo quarto pregão seguido

LONDRES (Reuters) - O principal índice das ações europeias fechou em queda pelo quarto pregão seguido nesta segunda-feira, devido a preocupações de que o ritmo de crescimento da economia global possa estar desacelerando.

Operadores citaram ainda alguma cautela por expectativas de que o Banco Central Europeu (BCE) possa sinalizar um aumento do juro em julho.

O FTSEurofirst 300 caiu 0,6 por cento, aos 1.105 pontos, na mínima de fechamento em dois meses e meio.

A queda se seguiu ao mau desempenho de sexta-feira, quando fracos dados sobre o mercado de trabalho norte-americano alimentaram ainda mais incertezas com o ritmo de recuperação da maior economia mundial.

Analistas técnicos disseram que o receio sobre o crescimento econômico tem levado os mercados a mínimas e máximas menores desde os fortes ganhos em abril, sugerindo que as ações podem estar perdendo seu ímpeto de alta.

"O quadro no curto prazo parece muito negativo para as ações. Os preços podem se recuperar nos próximos dias, uma vez que a mínima de sexta-feira em 2.751 pontos (no índice Euro STOXX 50) não foi quebrada, (mas) o potencial de alta no curto prazo é muito limitado", disse Roelof-Jan Van den Akker, analista técnico sênior do ING.

O índice que acompanha as ações de bancos de países da periferia da zona do euro caiu 2,3 por cento, depois que um acordo que prevê um novo pacote de ajuda à Grécia não conseguiu tranquilizar o mercado.

Investidores também demonstram cautela antes da decisão de política monetária do BCE na quinta-feira. Espera-se que os formuladores sinalizem um aumento da taxa básica em julho, o que poderia conter o apetite por ativos considerados de maior risco, como ações.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,14 por cento, a 5.863 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,34 por cento, para 7.084 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,7 por cento, a 3.863 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,37 por cento, para 20.525 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 retrocedeu 1,24 por cento, a 10.157 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em queda de 1,19 por cento, aos 7.520 pontos.

(Reportagem de Harpreet Bhal)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.