Tamanho do texto

SÃO PAULO - Embora a abertura do mercado americano tenha sido levemente negativa, o mercado acionário brasileiro está conseguindo sustentar uma valorização nos negócios, ajudado pela alta de suas "blue chips"

. Por volta das 12h, o Ibovespa subia 0,24%, aos 70.485 pontos, e girava R$ 1 bilhão. Na BM&F, o Ibovespa futuro, com vencimento em dezembro, apresentava alta de 0,37%, com o registro de 71.470 pontos. Ontem, o Ibovespa recuou 0,35%, aos 70.320 pontos. No mercado americano, o índice Dow Jones caía 0,26% e o S&P 500 cedia 0,27%, enquanto o Nasdaq tinha leve alta de 0,02%. Destaque desta jornada, a primeira prévia do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no terceiro trimestre mostrou um crescimento anual de 2%. Nos três meses antecedentes, a economia do país teve expansão de 1,7%. O número veio praticamente em linha com o esperado. Ainda nesta sexta-feira, o mercado analisa o indicador de confiança do consumidor americano e o índice de atividade em Chicago, referentes a outubro. No Brasil, a repercussão dos balanços corporativos volta a movimentar as operações da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Minutos atrás, as principais altas do Ibovespa partiam dos papéis Usiminas ON (3,83%, a R$ 24,35), Brasil Telecom PN (2,08%, a R$ 12,25) e Embraer ON (1,94%, a R$ 12,08). A Embraer obteve lucro líquido de R$ 222,2 milhões no terceiro trimestre, um recuo de 5% ante os R$ 233,9 milhões de igual período do ano passado. Os números estão de acordo com o padrão contábil internacional (IFRS). A empresa ainda anunciou a revisão, para cima, de previsão de lucro no ano, segundo o padrão contábil americano (US Gaap), de US$ 340 milhões para US$ 380,6 milhões. Também no campo positivo, os papéis ON da Lojas Renner avançavam 0,72%, a R$ 65,20. Resultados operacionais e financeiros mais positivos levaram o lucro da companhia para R$ 56,998 milhões no terceiro trimestre, o que equivale a um salto de 86,3% sobre os ganhos apurados um ano antes, de R$ 30,595 milhões. As maiores quedas do Ibovespa, por sua vez, pertenciam às ações Telesp (-1,22%, a R$ 40,40), Ultrapar PN (-0,91%, a R$ 104,49) e Copel PNB (-0,74%, a R$ 39,95). Além disso, os papéis PN da Telemar caíam 0,56%, a R$ 26,21, enquanto as ações ON recuavam 0,66%, a R$ 34,36. Já as ações ON da siderúrgica CSN perdiam 0,70%, a R$ 28,15. A Oi (antiga Telemar) registrou lucro líquido de R$ 427 milhões no terceiro trimestre, um salto de 567,2% ante os R$ 64 milhões apurados um ano antes. A receita líquida caiu 3,0%, para R$ 7,327 bilhões em três meses terminados em setembro. Já a CSN lucrou R$ 720,212 milhões no terceiro trimestre, redução de 37,4% ante o total de R$ 1,149 bilhão apurado em igual período do ano passado. A receita líquida cresceu 32,3%, para R$ 3,949 bilhões. Entre os papéis de maior peso sobre o mercado acionário brasileiro, enquanto Vale PN ganhava 0,45%, a R$ 48,12, Petrobras PN subia 0,15%, a R$ 26,30. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) vai divulgar hoje os resultados da perfuração do poço no prospecto de Libra, na bacia de Santos. O diretor-geral da instituição, Haroldo Lima, lembrou ontem que a certificação feita pela Gaffney, Cline & Associates projeta a existência de 7,9 bilhões de barris no cenário moderado a 16 bilhões de barris de óleo recuperável no cenário mais otimista. (Beatriz Cutait | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.