Tamanho do texto

SÃO PAULO - Passada uma sequência de quatro altas seguidas, o Ibovespa teve uma jornada de realização de lucros, perdeu os 71 mil pontos e foi pressionado principalmente pelas ações da Petrobras, que despencaram mais de 4%

. Dados preliminares mostram que, com mínima de 70.342 pontos e máxima de 71.290 pontos, o Ibovespa fechou o dia com queda de 1,04%, aos 70.541 pontos. O índice não fechava no campo negativo desde o dia 24 de setembro, sendo que dessa data até ontem, acumulava valorização de 4,53%. O volume financeiro desta jornada voltou a ficar elevado e somou R$ 8,751 bilhões. Entre os ativos de maior peso sobre o Ibovespa, Vale PN subiu 0,21%, a R$ 47,44; Petrobras PN recuou 4,15%, a R$ 25,86; Itaú Unibanco PN teve baixa de 0,88%, a R$ 41,50; BM&FBovespa ON teve desvalorização de 2,05%, a R$ 14,30; e OGX Petróleo ON subiu 1,90%, a R$ 23,03 No mercado americano, o índice Dow Jones subiu 0,21%, aos 10.967,65 pontos, o Nasdaq registrou desvalorização de 0,80%, aos 2.380,66 pontos, e o S&P 500 caiu 0,07%, para 1.159,97 pontos. (Beatriz Cutait | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.