Tamanho do texto

SÃO PAULO - A alta das bolsas americanas e europeias norteia as operações do mercado acionário brasileiro, no início desta sexta-feira

. Naturalmente, a situação na Grécia continua acompanhada de perto pelos investidores, que também analisam novos números da economia americana. Por volta das 11h10, o Ibovespa subia 0,37%, aos 61.107 pontos, e girava R$ 770 milhões. Na BM&F, o índice futuro, com vencimento em agosto, apresentava alta de 0,36%, com o registro de 62.115 pontos. Ontem, o Ibovespa teve desvalorização de 1,17% e registrou 60.880 pontos - menor nível desde 5 de julho de 2010 (60.865). Nos Estados Unidos, instantes atrás, o índice Dow Jones ganhava 0,85%, o S&P 500 avançava 0,89% e o Nasdaq registrava apreciação de 0,59%. Encontro entre a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente da França, Nicolas Sarkozy, despertou o bom humor dos agentes. Os líderes disseram que o setor privado deve ter uma participação voluntária na dívida da Grécia e que um segundo programa de socorro deve incluir respaldo do Banco Central Europeu (BCE) para a estrutura do pacote. Ambos os representantes compartilham da necessidade de uma nova ajuda aos gregos, mas Angela Merkel ressaltou que a Grécia deve assumir suas responsabilidades e Sarkozy pediu que o governo grego continue a implementação das reformas. Nesta manhã, o premiê grego George Papandreou ainda anunciou mudanças em seu gabinete, nomeando novo ministro das Finanças. Nos Estados Unidos, o índice prévio de confiança do consumidor de junho e a variação no índice de indicadores antecedentes em maio também estão em jogo. No front corporativo doméstico, a maioria das ações do Ibovespa opera no campo positivo, com destaque para ALL ON (2,31%, a R$ 13,25), JBS ON (2,00%, a R$ 5,09) e Usiminas ON (1,83%, a R$ 21,14). Além disso, Petrobras PN ainda subia 0,47%, a R$ 23,40, e OGX Petróleo ON avançava 0,87%, a R$ 13,89, enquanto Vale PNA perdia 0,14%, a R$ 42,72. A Petrobras Participaciones, subsidiária da estatal brasileira, comprou 50% dos direitos de blocos exploratórios no Gabão, na costa oeste da África. Os blocos Ntsina Marin e Mbeli Marin foram adquiridos da Ophir Energia, com sede no Reino Unido, que conserva a parcela restante. Em nota, a Petrobras observa que a região dos blocos tem estrutura geológica parecida com as das áreas desenvolvidas no Brasil e compreende uma área de 6.683 quilômetros quadrados. De volta ao Ibovespa, as principais baixas eram lideradas pelos papéis Sabesp ON (-0,96%, a R$ 46,05), Copel PNB (-1,12%, a R$ 41,13) e Telemar ON (-2,00%, a R$ 26,40). (Beatriz Cutait | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.