Tamanho do texto

Carteira de crédito do banco inglês cresce 15%, puxada por empréstimos a empresas

selo

O HSBC registrou lucro líquido de R$ 1,35 bilhão em 2011, aumento de 7% ante o ano anterior, considerando o padrão contábil internacional IFRS. A carteira de crédito do banco inglês cresceu 15%, puxada por empréstimos a empresas, e fechou dezembro em R$ 59 bilhões, segundo balanço das operações brasileiras divulgado nesta terça-feira.

O Brasil respondeu por 5,5% do lucro mundial do banco inglês e 53% da América Latina. O presidente do HSBC no Brasil, Conrado Engel, destaca que o Brasil já é a quarta operação mundial do grupo, atrás apenas de Hong Kong, Reino Unido e China. "Temos como estratégia um crescimento orgânico e sustentado para o Brasil", disse o executivo em entrevista a imprensa.

O índice de Basileia, que mede a capitalização dos bancos, terminou o ano em 13,6%, acima dos 11% mínimos exigidos pelo Banco Central. O HSBC fechou dezembro com ativos de R$ 130,9 bilhões, alta de 8%. A rentabilidade sobre o patrimônio foi de 16,2%, mesmo nível de 2010. Já o patrimônio líquido terminou o ano em R$ 9,4 bilhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.