Tamanho do texto

Empresa foi formada em 2008 por ex-funcionários da Petrobras e da Agência Nacional de Petróleo (ANP)

A HRT Participações em Petróleo levantou R$ 2,6 bilhões em sua oferta inicial de ações. O preço de emissão ficou em R$ 1.200,00 por ação, no centro do intervalo de preço sugerido, que variava de R$ 1.050,00 a R$ 1350,00 por ação. Foram emitidas 2.181.789 ações ordinárias, o que corresponde à colocação inicial de 1,620 milhão de ações, acrescida dos lotes suplementar, de 15%, e adicional, de 20% da emissão inicial.

A oferta é praticamente toda primária, o que significa que os recursos irão para o caixa da companhia. Apenas uma pequena parcela da operação foi secundária. Foram vendidas 5.211 ações ordinárias dos atuais sócios da companhia, o que resultou em uma captação de R$ 6,2 milhões. Inicialmente, estava prevista a venda de 10.236 ações na oferta secundária.

Formada em 2008 por ex-funcionários da Petrobras e da Agência Nacional de Petróleo (ANP), a HRT realizou, no fim de 2009, duas colocações privadas de ações no mercado internacional, que somaram R$ 478,9 milhões.

Os recursos foram usados para atender a compromissos referentes à aquisição de ativos na Bacia do Solimões, e também para participar de novas rodadas de licitação de blocos exploratórios da ANP, além de outras oportunidades de investimento. A operação não foi direcionada aos investidores de varejo, visto que a aplicação mínima para pessoas físicas era de R$ 300 mil. A oferta foi coordenada pelos bancos Credit Suisse, Goldman Sachs, Citigroup, J.P. Morgan e Deutsche Bank. A estreia dos papéis na BM&FBovespa ocorrerá na segunda-feira (25).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.