Tamanho do texto

Grécia leva índice europeu a máxima em quase 4 semanas

LONDRES (Reuters) - O principal índice das ações europeias fechou nesta quinta-feira na máxima em quase quatro semanas, após o Parlamento grego aprovar medidas de austeridade numa votação final e impulsionar a confiança do mercado de que as obrigações de dívida do país serão cumpridas.

O FTSEurofirst 300 subiu 1 por cento, aos 1.109 pontos. Ao longo do dia, o índice alcançou 1.110 pontos, maior patamar desde 3 de junho.

Também agradaram a investidores dados positivos sobre a atividade manufatureira na região Meio-Oeste dos Estados Unidos em junho, que vieram melhores que o esperado .

Para Joshua Raymond, estrategista de mercado do City Index, a aprovação das medidas pelo Parlamento grego "abre caminho para que a UE e o FMI deem a eles (ao país) a próxima parcela de empréstimos".

Olhando mais à frente, as instituições financeiras alemãs participariam de um segundo pacote de resgate a Atenas e contribuiriam com 3,2 bilhões de euros, embora os detalhes ainda não tenham sido finalizados, disse o ministro de Finanças da Alemanha .

O setor bancário europeu avançou, com o índice STOXX Europe 600 de bancos em alta de 1,8 por cento.

Segundo Raymond, a votação e a emergência do apoio das instituições financeiras alemãs a um segundo resgate "elevaram o grau de otimismo que faltou ao mercado ao longo das últimas semanas", dizendo que talvez o mercado pode estar excessivamente vendido e que há chance de compras no curto prazo.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 1,53 por cento, a 5.945 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,13 por cento, para 7.376 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,48 por cento, a 3.982 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,62 por cento, para 20.186 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 avançou 2,13 por cento, a 10.359 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em alta de 3,03 por cento, para 7.323 pontos.

(Reportagem de Harpreet Bhal)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.