Tamanho do texto

A partir de abril, argentinos terão que ter uma conta em dólares para poder retirar esta moeda em caixas do exterior

O Banco Central da Argentina divulgou nesta segunda-feira que, a partir de agora, os cidadãos do país que viajarem ao exterior só poderão retirar dinheiro de caixas automáticos se tiverem uma conta bancária em moeda estrangeira. Recentemente, o governo argentino restringiu a compra de dólares para evitar a fuga de divisas.

O Banco Central informou que a partir de 3 de abril a retirada "de moeda estrangeira com o uso de cartões de débito locais em caixas automáticos localizados no exterior deverão ser efetuados com débito em contas locais em moeda estrangeira". Até agora, os argentinos que viajavam para o exterior podiam retirar dólares ou outras divisas com cartões nos caixas automáticos a partir de uma conta bancária em pesos argentinos.

A partir de abril, os argentinos terão que ter uma conta em dólares num banco do país para poder retirar esta moeda em caixas do exterior, ou viajar com dinheiro em espécie, com um limite máximo de US$ 10 mil. No entanto, as medidas impostas pelo governo no final de outubro do ano passado para conter a saída de capitais, com restrições à compra de divisas em bancos e casas de câmbio, complicam as possibilidades de se conseguir dólares na Argentina.

Desde então, as operações devem ser validadas pela Receita, que observará a capacidade de compra de cada investidor. Segundo dados do Banco Central, a saída de capitais da Argentina chegou a US$ 21,504 bilhões em 2011, 88% mais do que em 2010.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.