Tamanho do texto

Veja alguns dos maiores negócios realizados pelos investidores

Criada em agosto de 2003 pelo ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga (1999 a 2002) e por seu primo Luiz Fraga (ex-presidente da Latinvest), a gestora de recursos Gávea Investimentos administra atualmente um patrimônio estimado em cerca de R$ 10 bilhões. Veja alguns dos maiores negócios realizados pelos investidores:

Gávea participa da gestão da rede de fast food na América Latina
Getty Images
Gávea participa da gestão da rede de fast food na América Latina
Odebrecht Realizações Imobiliárias (Imobiliário)
Um dos últimos grandes investimentos conhecidos da Gávea foi a injeção de R$ 300 milhões no capital da construtora de imóveis residenciais do Grupo Odebrecht, em maio deste ano. Do total aplicado, R$ 84,7 milhões referem-se à participação acionária de 14,5% na construtora e os R$ 215 milhões restantes para reserva de capital. A companhia faturou R$ 400 milhões no ano passado e, para este, as estimativas divulgadas no anúncio do aporte da Gávea eram que chegasse a R$ 1,1 bilhão.

Grupo RBS (Mídia)

Os fundos geridos por Armínio Fraga compraram 12,64% do grupo gaúcho RBS em 2008, por valor não divulgado. O grupo RBS, controlado pela família Sirotsky, é o maior grupo de mídia do Sul do Brasil. Possui 18 empresas de TV aberta afiliadas à Rede Globo, é dono do Canal Rural, de 24 emissoras de rádio e de oito jornais, incluindo a Zero Hora e o Diário Catarinense.

Grupo ABC (Publicidade)
Em 2007, a Gávea adquiriu 20% do capital do grupo ABC de propaganda, capitaneado pelo publicitário baiano Nizan Guanaes.

CPM Braxis (Tecnologia)
Em abril de 2008, a Gávea Investimentos e outros fundos aplicaram R$ 170 milhões na companhia de TI CPM Braxis, que enfrentava difciudlades financeiras. Em setembro deste ano, a francesa Capgemini comprou 55% do capital da CPM Braxis, reduzindo as participações dos fundos Gávea, Alothon e Infors de 33% para 11%.

Droga Raia (Rede de farmácias)
A rede Droga Raia, com quase 300 farmácias em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre, vendeu uma participação de 15% do seu capital para a Gávea em outubro de 2008, após um processo de reestruturação que visava a abertura de capital com oferta de ações em Bolsa de Valores. O valor da operação, no entanto, não se tornou público. A rede, controlada pela família Pipponzi, foi criada em 1905 em Araraquara, no interior de São Paulo. No ano passado, faturou R$ 1,6 bilhão.

McDonald’s (rede de fast food)
A Gávea participa, também, da gestão da rede de fast McDonald´s na América Latina. Quando o grupo Arcos Dourados comprou 1,6 mil lojas da região, sendo mais de 500 no Brasil, em abril de 2007, a gestora de Armínio Fraga entrou na operação. No País, o McDonald´s tem 48 mil funcionários e faturou R$ 3,45 bilhões no ano passado.

BRA (Companhia aérea)
Uma das apostas da Gávea que não vingaram foi a injeção, em dezembro de 2006, de US$ 180 milhões juntamente com outros fundos no Brazil Air Partner, veículo de investimentos na companhia aérea BRA. Criada em 1999 como uma empresa de vôos fretados por Humberto Folegatti, a BRA evoluiu para uma companhia comercial. Após comprar uma frota de aviões da Embraer, entrou na Justiça com pedido de recuperação judicial.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.