Tamanho do texto

Clima de frustração toma conta do mercado financeiro na abertura desta semana

Um clima de frustração toma conta do mercado financeiro na abertura desta semana. A falta de um desfecho para a situação grega frustra investidores e adiciona preocupações sobre o futuro do país e da zona do euro como um todo. Mais uma vez, a liberação de novos recursos pelo bloco foi condicionada à aprovação de medidas de austeridade fiscal pelo Parlamento grego.

Nesta madrugada, ao fim de uma reunião de sete horas ocorrida em Luxemburgo, os ministros das Finanças da zona do euro não liberaram um empréstimo de 12 bilhões de euros à Grécia, alegando que os parlamentares gregos precisam dar antes respaldo às medidas de cortes de gastos.

A decisão reacende o temor de um default pelo país e aumenta a aversão a risco, nesta segunda-feira. Pela manhã, as principais bolsas europeias, os índices futuros de Wall Street e as commodities operavam em baixa.

No Brasil, a Bolsa de Valores de São Paulo também promete uma abertura negativa, já que, minutos atrás, o Ibovespa futuro cedia 0,46%, aos 61.660 pontos. Na sexta-feira passada, o Ibovespa teve um "respiro", ao avançar 0,29%, aos 61.059 pontos. O volume financeiro foi de R$ 5,76 bilhões.

A semana, contudo, foi novamente negativa, com baixa de 2,6%, mesma queda registrada entre os dias 6 e 10. Em junho, o Ibovespa já acumula desvalorização de 5,5% e, em 2011, de 11,9%. No mercado americano, o índice Dow Jones ganhou 0,36% no pregão passado e o S&P 500 subiu 0,30%, enquanto o Nasdaq recuou 0,28%, aos 2.616 pontos.

E após seis quedas consecutivas, os principais índices de Nova York conseguiram voltar a subir - ainda que pouco - na semana. O Dow Jones ganhou 0,4% e o S&P 500 avançou 0,1%. Já o Nasdaq teve depreciação de 1,1%. Esta sessão é vazia de indicadores econômicos internacionais. Internamente, o vencimento de opções - direito de comprar ou vender uma ação a um preço determinado numa data futura - pode trazer instabilidade à Bolsa na primeira etapa dos negócios e deve distorcer o volume do dia.

Logo cedo, o Boletim Focus, do Banco Central (BC), ainda mostrou alterações nas perspectivas inflacionárias. A previsão dos analistas consultados para a alta do IPCA neste ano caiu de 6,19% para 6,18%, enquanto a estimativa de 2012 subiu de 5,13% para 5,18%.

No campo corporativo, a Petrobras revelou na sexta-feira ter descoberto petróleo na bacia Sergipe-Alagoas, no bloco SEAL-M-426. A estatal é operadora da área e tem 60% de participação no consórcio com a indiana IBV Brasil Petróleo, que detém os outros 40%.

No setor financeiro, o BTG Pactual protocolou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido para realização da oferta pública de aquisição (OPA) das ações preferenciais em circulação do Banco Panamericano. O propósito da operação é comprar até a totalidade das ações do banco em mãos dos minoritários, o que equivale a 63.038.340 papéis PN, ou 56,05% do total das ações preferenciais do banco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.