Tamanho do texto

Saldo se deve às operações de comércio exterior, uma vez que continua ocorrendo saída de recursos nas movimentações financeiras

O fluxo cambial do mês de maio ficou positivo em US$ 5,256 bilhões, uma entrada superior aos US$ 1,5 bilhão registrada em abril, informou há pouco o Banco Central (BC).

O saldo se deveu às operações de comércio exterior, uma vez que continuou havendo saída de recursos nas movimentações financeiras.

No acumulado desde janeiro, a sobra de dólares nas instituições financeiras soma US$ 42,389 bilhões.

Em maio, o saldo mais significativo decorreu das operações de comércio exterior, com US$ 7,263 bilhões positivos.

Por outro lado, o câmbio financeiro fechou o mês negativo em US$ 2,007 bilhões. As captações nas diversas modalidades efetuadas no exterior geraram ingressos da ordem de US$ 29,860 bilhões.

Já as saídas em pagamento de compromissos internacionais (dívidas, lucros e dividendos, etc) atingiram US$ 31,867 bilhões, também em maio de 2011.

No câmbio comercial, os contratos para exportação ficaram em US$ 24,313 bilhões, ante US$ 17,05 bilhões na contratação de importações.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.