Tamanho do texto

Mesmo assim, investidores continuam otimistas com a Europa

selo

As bolsas europeias reduziram os ganhos e o euro caiu apesar de o resultado do leilão de bônus da Itália ter sido bom , já que o país vendeu o máximo planejado e a maior parte dos yields (retorno ao investidor) diminuíram. Às 10h10 (de Brasília), Milão subia 0,62%, Londres avançava 0,21%, Frankfur operava em alta de 0,5% e Paris ganhava 1,14%, enquanto o euro caía para US$ 1,2798, de US$ 1,2814 no fim da tarde de ontem, depois de ter atingido a mínima intraday de US$ 1,2775.

Alguns analistas afirmaram que a reação negativa ocorreu por causa do atraso na divulgação dos resultados. Segundo Paul Robinson, diretor de pesquisa de câmbio do Barclays Capital, os resultados demoraram a serem divulgados que os investidores começaram a especular que informações negativas seriam anunciadas. "O euro começou a cair antes dos resultados porque eles estavam demorando e as pessoas começaram a tirar suas próprias conclusões alarmantes", disse.

Outros observadores destacaram que a relação entre ofertas feitas e aceitas decepcionou. A taxa caiu de 1,36 para 1,22 nos papéis para novembro de 2014 e de 1,98 para 1,61 nos papéis para agosto de 2018. Para os papéis com vencimento em julho de 2014 a taxa subiu de 1,35 para 2,28. Também foi destacado o fato de que as expectativas eram grandes demais e os resultados foram apenas bons. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.