Tamanho do texto

As principais Bolsas europeias fecharam em queda nesta quarta-feira, com as perdas do setor de mineração neutralizando os ganhos do Deutsche Bank e de outras instituições financeiras

selo

As principais Bolsas europeias fecharam em queda nesta quarta-feira, com as perdas do setor de mineração neutralizando os ganhos do Deutsche Bank e de outras instituições financeiras. O índice Stoxx Europe 600 encerrou a sessão em baixa de 1,99 ponto (0,75%), aos 264,93 pontos.

As questões em torno da extensão de uma nova rodada de flexibilização quantitativa do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) antes da reunião de política monetária, que ocorrerá nos dias 2 e 3 de novembro, continuam a ser um grande foco de atenção para os investidores europeus e estão na raiz de grande parte da volatilidade dos mercados", disse Philippe Gijsels, chefe de pesquisa do BNP Paribas Fortis.

O índice FT-100 da Bolsa de Londres fechou em baixa de 61,28 pontos (1,07%), aos 5.646,02 pontos. O declínio foi liderado pelas ações das mineradoras por contas dos preços fracos das commodities. Xstrata cedeu 3,84% e Kazakhmys caiu 5,03%. Já o Lloyds Banking Group subiu 1,66%.

Em Frankfurt, o índice Xetra DAX recuou 45,80 pontos, ou 0,69%, para 6.568,00 pontos, influenciado pela queda em Wall Street em meio às preocupações sobre uma abordagem mais cautelosa do Fed para estimular a economia. O Deutsche Bank subiu 1%, depois de registrar prejuízo líquido menor do que o esperado no terceiro trimestre, de 1,21 bilhão de euros. A companhia área Lufthansa avançou 1,85%, após reportar um crescimento do seu lucro nos primeiros noves meses de 2010 para 524 milhões de euros, de 31 milhões de euros no mesmo período do ano passado. SAP perdeu 2,79%, depois de anunciar um lucro no terceiro trimestre abaixo do esperado.

Na Bolsa de Paris o índice CAC-40 perdeu 36,89 pontos (0,96%), a 3.815,77 pontos. Segundo um operador, a queda foi conduzida pelo recuo de 3,08% dos papéis da montadora Renault e pela realização de lucros. Na mão contrária, BNP Paribas ganhou 0,10%, enquanto EDF avançou 0,74%. EADS avançou 0,71%, impulsionada pelo fortalecimento do dólar.

Na Bolsa de Madri, o índice Ibex-35 fechou em queda de 97,70 pontos (0,90%), aos 10.700,10 pontos. O índice FTSE-MIB, da Bolsa de Milão, caiu 112,70 pontos (0,53%) e fechou em 21.250,82 pontos. Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI-20 fechou com declínio de 100,22 pontos (1,25%), a 7.927,32 pontos. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.