Tamanho do texto

As principais Bolsas europeias fecharam em baixa, com os investidores realizando lucros após os ganhos recentes e os resultados trimestrais de grandes companhias

selo

As principais Bolsas europeias fecharam em baixa, com os investidores realizando lucros após os ganhos recentes e os resultados trimestrais de grandes companhias. A cautela dos investidores com a reunião do G-20 que termina amanhã também pesou sobre as ações.

O índice Europe Stoxx 600 caiu 0,3% e fechou a 266,75 pontos. "Não há uma verdadeira história negativa aqui", afirmou Lars Christensen, analista-chefe do Danske Bank. "Em termos de apetite por risco, nós estivemos em um ambiente de tomada de risco no último mês e meio ou mais. É um ajuste por causa disso", acrescentou.

Enquanto isso, a reunião de ministros de Finanças e representantes de bancos centrais do G-20 esteve no foco dos investidores, que aguardam uma decisão sobre a chamada "guerra cambial". Entre as empresas que divulgaram balanços na Europa hoje, a sueca Ericsson foi destaque. As ações da empresa fecharam em alta de 4,17% na Bolsa de Estocolmo, depois de anunciar lucro maior do que o esperado no terceiro trimestre deste ano.

Na Alemanha, a montadora Volkswagen surpreendeu os mercados com a divulgação antecipada de seus ganhos nos nove primeiros meses deste ano. A companhia disse que suas vendas cresceram 20% e o lucro operacional subiu para 4,8 bilhões de euros. As ações da Volkswagen fecharam em alta de 3,2% em Frankfurt, onde o índice DAX encerrou a sessão com queda de 5,17 pontos (0,08%), a 6.605,84 pontos. O aumento do índice IFO de sentimento das empresas para 107,6 em outubro, o maior nível em três anos e meio, não foi suficiente para dar força à bolsa.

O índice FT-100 da Bolsa de Londres terminou o dia em baixa de 16,49 pontos (0,29%), a 5.741,37 pontos. As mineradoras lideraram o declínio, com Vedanta Resources fechando em queda de 2% e Eurasian Natural Resources registrando -2.3%. A empresa de bens de consumo Reckitt Benckiser, no entanto, teve a maior baixa, de 4,6%, depois de anunciar a saída do diretor financeiro, Colin Day.

Na Bolsa de Paris o índice CAC-40 fechou em baixa de 9,73 pontos (0,3%), a 3.868,54 pontos. Accor, que divulgou nesta semana resultados do terceiro trimestre que superaram as expectativas, liderou os ganhos, com +2,8%. STMicroelectronics fechou em alta de 2%, com ajuda da melhora na lucratividade da ST-Ericsson, sua joint venture com a Ericsson. Por outro lado, Saint-Gobain caiu 3%, apesar de ter registrado vendas melhores do que o esperado no terceiro trimestre. As ações da empresa subiram cerca de 14% durante o último mês.

Na Bolsa de Madri, o índice Ibex-35 fechou em alta de 32,50 pontos (0,30%), aos 10.924,80 pontos. O índice FTSE-MIB, da Bolsa de Milão, caiu 80,22 pontos (0,37%) e fechou em 21.536,21 pontos. Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI-20 fechou com ganho de 17,84 pontos (0,23%), a 7.930,58 pontos. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.