Tamanho do texto

Total de falências este ano sobe para 68. No mesmo período de 2010, foram 110 fechamentos

selo

Órgãos reguladores do sistema financeiro dos Estados Unidos fecharam três bancos ontem: um na Flórida, um na Geórgia e um em Illinois. Com isso, o total de falências de bancos no país sobe para 68 desde o começo deste ano. Na mesma época do ano passado, já haviam sido anunciadas 110 falências de bancos.

O Escritório de Controle da Moeda fechou o Lydian Private Bank, sediado em Palm Beach; na quinta maior falência de banco nos EUA neste ano e a décima a ocorrer na Flórida. O mesmo órgão fechou o First Southern National Bank, sediado em Statesboro; o que elevou o número de falências de bancos na Geórgia a 17 neste ano. Já o First Choice Bank, sediado em Geneva foi fechado pelo Departamento de Regulamentação Financeira e Profissional de Illinois e será assumido pelo Inland Bank & Trust, sediado em Oak Brook, no mesmo Estado; é a sétima falência de banco no Illinois neste ano.

O Lydian Private Bank será assumido pelo Sabadell United Bank e o First Southern pelo Heritage Bank of the South, subsidiária do Heritage Financial Group. A Federal Deposit Insurance Corp. (FDIC) estima que o custo das três falências para o Fundo de Seguro de Depósitos será de US$ 363,8 milhões. As informações são da Dow Jones.

Veja mais:

Ameaçados pela crise, bancos globais cortam 50 mil vagas

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.