Tamanho do texto

Há informações de que, por erro, ações da Procter & Gamble teriam sido negociadas por preço abaixo do valor de mercado

Um erro técnico pode ter provocado pânico nas Bolsas norte-americanas na tarde desta quinta-feira, que se espalhou por outros mercados, trazendo à memória de investidores e operadores alguns momentos mais tensos ocorridos no final de 2008, logo após o recrudescimento da crise financeira internacional com a quebra do banco de investimento Lehman Brothers.

As Bolsas vinham caindo durante o pregão pela preocupação com o desenrolar da crise na Grécia. “Para completar, há notícias de que pode ter havido um erro técnico na Bolsa de Nova York”, afirma Jankiel Santos, economista-chefe do Banco Espírito Santo.

Santos afirma ter visto na TV que, durante o pregão na Nyse, as ações da Procter & Gamble vinham sendo negociadas em torno de US$ 62,00. Então um negócio saiu abaixo de US$ 40,00. “São coisas que acontecem e trazem mais nervosismo ao mercado, mas sem uma notícia econômica específica.”
Por conta do erro, o índice Dow Jones Industrial caiu quase 9% e depois voltou um pouco.

Segundo informações da agência de notícias AP, a queda foi de quase 1.000 pontos em cerca de meia hora. A queda inesperada acionou programas de computadores dos investidores para acelerar as vendas, enquanto os operadores assistiam pela TV a mais um dia de protestos em Atenas. Segundo a AP, a Bolsa de Nova York informou à agência Reuters que não houve erros durante a volatilidade das operações na tarde desta quinta-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.