Tamanho do texto

Investidores mostraram-se preocupados com o ritmo de recuperação da economia americana

Os principais índices do mercado acionário norte-americano encerraram a volátil sessão desta quinta-feira perto da estabilidade, com investidores ainda relutantes em fazer apostas na véspera de um importante relatório sobre o mercado de trabalho dos EUA, que pode exacerbar temores de que a economia esteja desacelerando.

O Dow Jones recuou 0,34%, a 12.248 pontos. O Standard & Poor's 500 cedeu 0,12%, a 1.312 pontos. O Nasdaq perdeu 0,15%, a 2.773 pontos.

As vendas no início da sessão aumentaram após o S&P 500 cair abaixo da sua mínima em maio, de 1.311 pontos, embora notícias de progresso em um novo plano para a dívida da Grécia tenham motivado uma recuperação.

No entanto, os três principais índices têm demonstrado fraqueza, e investidores estão preocupados com maiores perdas caso os dados econômicos a serem divulgados desapontem.

"Seria preciso um número fora da curva amanhã para nos dar outro choque negativo", disse Christopher Sheldon, diretor de estratégia de investimentos na BNY Mellon Wealth Management, que ajuda a gerenciar US$ 166 bilhões.

"Mas, devido à influência de dados fracos, será necessário um conjunto de relatórios mais fortes para mover o mercado para cima, e isso é improvável pelo menos dentro de dois próximos meses."

Espera-se que o relatório de sexta-feira mostre a geração líquida de 150 mil postos de trabalho nos EUA em maio, segundo uma pesquisa da Thomson Reuters. O relatório da ADP Employment Services sobre o crescimento das contratações no setor privado divulgado na quarta-feira fez com que muitos economistas revisassem para baixo suas previsões para o relatório geral, implicando o pior dia do mercado de ações em quase um ano.

Considerando as perdas recentes, o potencial de queda do mercado frente aos níveis atuais das ações pode ser "relativamente modesto", disse Sheldon.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.