Tamanho do texto

Esperança de sucesso na tentativa grega de reduzir sua dívida contribui para que investidores optem por aplicar em bolsa, e não na moeda dos EUA

O dólar começou a quinta-feira em baixa, em um dia de maior apetite por risco nos mercados globais, com a esperança de que a Grécia consiga reduzir suas dívidas. Perto de 9h30, a moeda norte-americana caía 0,41%, a R$ 1,757.

O otimismo com a Grécia está contribuindo para os ganhos nas bolsas de valores globais, que sobem nesta quinta-feira. O que anima os investidores são notícias de que os credores dos gregos vão aceitar reduzir seus ganhos.

Leia mais: Grécia segue otimista perto do prazo final para troca de títulos

Bolsas sobem com esperança de sucesso de acordo na Grécia

Para que o país não dê um calote, é preciso que os detentores de seus títulos aceitem a substituição da dívida até às 17h desta quinta-feira, em uma operação que poderá configurar a maior reestruturação soberana da história. O objetivo é reduzir 206 bilhões de euros em 53,3%

Além disso, números dos Estados Unidos que sugerem uma recuperação no mercado de trabalho ajudam a animar os investidores.

No cenário doméstico, o corte da dos juros na última quarta-feira , para 9,75%, também é favorável à bolsa de valores, uma vez que tende a aquecer a economia.

Leia também: Após quase dois anos, taxa de juros volta à casa de um dígito a 9,75%

(Com Reuters)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.