Tamanho do texto

Oscilação da moeda norte-americana no Brasil segue descolada do que acontece no mercado externo nesta segunda-feira

O câmbio local continua descolado do sinal externo nesta segunda-feira, onde a moeda americana perde valor para seus pares desenvolvidos e emergentes. Por volta das 14h01 o dólar comercial mostrava valorização de 0,34%, a R$ 1,809 na venda. Na máxima, a moeda foi a R$ 1,813. O giro estimado para o interbancário era baixo, apenas US$ 500 milhões.

Leia também:
Bovespa começa a semana em alta
Dólar abre semana em leve alta sobre o real, a R$ 1,808

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar com vencimento em abril tinha alta de 0,27%, a R$ 1,814. Segundo o diretor da Pioneer Corretora, João Medeiros, a percepção é de que o dólar firmou piso em R$ 1,80, pois toda a vez que a cotação escorregou abaixo disso, o Banco Central (BC) entrou tomando moeda no mercado à vista.

Leia também: BofA M.Lynch: BC fixou piso de R$ 1,80 para câmbio

E quando isso não foi suficiente, a Fazenda tomou medida cambial. No câmbio externo, o dólar tem novo ajuste de baixa. O Dollar Index, que mede o desempenho da divisa americana ante uma cesta de moedas, perdia 0,43%, a 79,44 pontos. Já o euro se valorizava 0,74%, a US$ 1,324. De fato, considerando uma cesta com moedas emergentes e desenvolvidas, o real é a única a perder para o dólar nesta segunda-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.