Tamanho do texto

Voto de confiança dado ao governo da Grécia pelo Parlamento aliviou tensões entre investidores

O dólar fechou estável ante o real nesta quarta-feira, antes do feriado de Corpus Christi. A moeda norte-americana terminou a R$ 1,589 para venda no mercado à vista. O volume parcial de operações registradas na clearing (câmara de compensações) da BM&FBovespa era de US$ 1,2 bilhão. O principal contrato futuro tinha giro de 322 mil papéis a uma hora e meia do fechamento, ante média diária de 334,8 mil contratos neste mês.

O mercado trabalhou aliviado com o voto de confiança dado ao governo da Grécia pelo Parlamento, na noite de terça-feira, mas a notícia não teve muito impacto sobre os preços porque já era esperada. A demonstração de apoio ao primeiro-ministro garante a continuidade das reformas fiscais e evita um calote desordenado do país no curto prazo.

Os investidores também avaliaram o comunicado do Federal Reserve após a decisão de manter o juro básico perto de zero. O banco central norte-americano admitiu que o crescimento está abaixo do que se esperava. A timidez do mercado deve permanecer após o feriado, avalia Sidnei Nehme, diretor-executivo da NGO Corretora.

"No comportamento do dólar não se vislumbra nada que possa surpreender, devendo manter-se no entorno de R$ 1,58", afirmou em relatório, salientando a cautela dos investidores diante do cenário sensível a risco no exterior. O mercado conheceu ainda dados sobre o fluxo cambial em junho. O saldo negativo diminuiu a US$ 759 milhões até o dia 17, ante US$ 2,936 bilhões até o dia 10.

No mês até o dia 17, o BC comprou US$ 2,007 bilhões em leilões no mercado à vista. Com isso, as reservas internacionais se situavam acima de US$ 335 bilhões.

Veja também:

EUA: Bernanke diz que risco de contágio da Grécia é significativo

Veja quais são os possíveis desfechos para a crise grega

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.