Tamanho do texto

Moeda dos EUA caiu 0,13%, para R$ 1,595. Grécia tem duas semanas para aprovar medidas de austeridade e receber dinheiro

O dólar reverteu o movimento do início do dia e fechou em leve queda ante o real nesta segunda-feira, reagindo a uma melhora técnica nos mercados internacionais e ao maior apetite por risco. A cotação caiu 0,13%, a R$ 1,595 na venda. Logo na abertura, a taxa de câmbio chegou a subir 0,63%, mas foi revertendo ao longo do dia. "O dólar ainda tem tendência de baixa aqui e, como lá fora o mercado está melhorando, a gente está acompanhando", disse Ovídio Soares, operador da Interbolsa do Brasil.

Ante uma cesta de divisas, a moeda norte-americana operava praticamente estável, enquanto o euro avançava para perto de US$ 1,43, apesar das incertezas que rondam as negociações para um novo socorro financeiro à Grécia. Os ministros de Finanças da zona do euro deram a Atenas duas semanas a partir desta segunda-feira para o país aprovar medidas de austeridade mais rígidas em troca de 12 bilhões de euros em empréstimos emergenciais .

Porém, um movimento de recuperação técnica amparava as bolsas de valores em Nova York, ao mesmo tempo em que o índice de volatilidade da CBOE, considerado termômetro do nervosismo dos investidores, cedia quase 6%. No Brasil, profissionais apontaram que as perspectivas de mais entradas de recursos ainda amparam viés de queda para o dólar. Mas, segundo a equipe de analistas do banco francês BNP Paribas, o volume de apostas na baixa do dólar já está em níveis muito elevados.

De acordo com números mais recentes da BM&FBovespa, relativos à sexta-feira, os não-residentes mantinham cerca de US$ 19,7 bilhões em posições vendidas na moeda norte-americana nos mercados de dólar futuro e cupom cambial. Na prática, tal exposição indica apostas na baixa do dólar. O BNP Paribas sugeriu que os players mantenham cautela à espera da rolagem de US$ 1,695 bilhão em contratos de swap cambial reverso, que vencem na virada do mês. "Em nossa visão, há condicionalidades demais para retormarmos posições vendidas em dólar no momento", escreveram em relatório.

Veja também:

Banco Central compra dólares a R$ 1,594

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.