Tamanho do texto

Diante do recuo da moeda, o Banco Central realizou à tarde o habitual leilão diário de compra de dólar no mercado à vista

selo

Os investidores começaram a semana com um sentimento de menor aversão ao risco nos mercados globais e dispostos a comprar moedas consideradas mais arriscadas, como o euro e o real, que subiram ante o dólar. Ao mesmo tempo, continuaram buscando alternativas ao franco suíço e ao iene, após as ações recentes dos governos suíço e japonês para tentar conter a apreciação de suas moedas, o que também beneficiou o euro e ajudou a sustentar ganhos ao dólar em relação a essas divisas.

No mercado brasileiro de câmbio, o fluxo de recursos foi aparentemente equilibrado hoje, mas diante do recuo do dólar o Banco Central realizou à tarde o habitual leilão diário de compra de moeda no mercado à vista, no qual fixou a taxa de corte das propostas em R$ 1,5924.

A autoridade monetária também anunciou que fará às 18 horas uma pesquisa de demanda por contratos de swap cambial reverso, o equivalente à compra de dólares no mercado futuro, para eventual realização amanhã de um leilão de rolagem do próximo vencimento de cerca de 37.400 contratos (ou cerca US$ 1,87 bilhão) em 1º de setembro.

No encerramento dos negócios no mercado interbancário, o dólar comercial foi cotado a R$ 1,592, em baixa de 0,81%. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros, o dólar à vista caiu 0,68% hoje e fechou a R$ 1,5918. O euro comercial caiu 0,65% para R$ 2,309.

A movimentação no mercado de moedas nesta segunda-feira encontrou respaldo na percepção de que o banco central americano (Federal Reserve) ainda poderá adotar medidas em setembro para dar estímulo à economia norte-americana e no dado divulgado hoje, que mostrou aumento dos gastos dos consumidores norte-americanos em julho (0,8%), o melhor resultado em cinco meses.

Câmbio turismo

Nas operações de câmbio turismo, o dólar foi cotado a R$ 1,703 na venda, alta de 1,55% em relação a sexta-feira. Na compra a moeda foi cotada a R$ 1,537. O euro turismo subiu 1,95% para R$ 2,46 na venda e R$ 2,27 na compra.