Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) vai disciplinar a divulgação voluntária, pelas companhias de capital aberto, do lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Lajida ou Ebitda, na sigla em inglês) e do lucro antes de juros e imposto de renda (Lajir ou Ebit, na sigla em inglês)

SÃO PAULO - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) vai disciplinar a divulgação voluntária, pelas companhias de capital aberto, do lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Lajida ou Ebitda, na sigla em inglês) e do lucro antes de juros e imposto de renda (Lajir ou Ebit, na sigla em inglês). A autarquia colocou hoje, em audiência pública, a minuta de uma nova instrução sobre a divulgação dessas informações de natureza não contábil. "Após observar o uso generalizado, pelas companhias abertas, de informações de natureza não contábil, sobretudo o Lajida e o Lajir, geralmente apresentadas com o relatório da administração, em prospectos de ofertas públicas e notas explicativas, a CVM coloca em audiência pública minuta de instrução com o objetivo de tornar essas informações mais claras", diz a CVM em nota. Segundo a CVM, essas informações costumam ser elaboradas "de forma peculiar" pelas companhias, o que dificulta o seu entendimento e a sua comparabilidade. "Com o intuito de melhorar o nível de compreensão dessas informações e torná-las comparáveis entre as companhias abertas, a CVM pretende editar Instrução, acompanhada de Nota Explicativa, em que estabelece os parâmetros para o cálculo do Lajida e do Lajir e os critérios para a sua divulgação." Com isso, a CVM espera padronizar o cálculo do Lajida e do Lajir, considerando apenas "os valores apresentados nas demonstrações contábeis, não podendo ser excluídos os itens não recorrentes, não operacionais e os relativos às operações descontinuadas". O prazo para envio de sugestões e comentários sobre a nova instrução vai até 18 de novembro. (Téo Takar | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.