Tamanho do texto

Seis executivos foram acusados de não enviarem as informações periódicas desde 31 de maio de 2002

selo

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informou hoje ter fechado acordo de R$ 120 mil, no total, com seis executivos acusados na qualidade de administradores da Américas Empreendimentos Artísticos. A empresa teve o registro na CVM cancelado em 2008, mas o caso ainda tramitava na autarquia. Cada um pagará R$ 20 mil por uma série de omissões.

Os seis eram investigados por não enviarem as informações periódicas desde 31 de maio de 2002, data limite para a entrega do informe trimestral referente ao primeiro trimestre daquele ano. Também eram investigados por não elaborarem as demonstrações financeiras posteriores ao exercício social findo em 31 de dezembro de 2001.

Além disso, o processo contemplava o fato de eles não terem realizado assembleias gerais ordinárias referentes aos exercícios findos a partir de 31 de dezembro de 1999. Após o pagamento dos valores, o processo será extinto, sem que seja imputada culpa aos acusados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.