Tamanho do texto

Empresa espera, antes, concluir o processo de fusão com a Namisa, na qual detém 60% de participação

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) confirmou que mantém os planos de realizar a oferta pública de ações (IPO) da mina Casa de Pedra. No entanto, a empresa espera, antes, concluir o processo de fusão com a Namisa, na qual a CSN detém 60% de participação.

Em teleconferência com jornalistas, o diretor-executivo da companhia Paulo Penido disse que as bases para a realização do IPO já estão praticamente prontas, como a preparação de tecnologia da informação, atualização das concessões governamentais, entre outros processos. "Mas não seria inteligente a gente fazer isso de uma forma corrida.

A CSN tem uma participação de 60% na mina vizinha à Casa de Pedra, Namisa. É mais eficiente a gente fazer a fusão da Namisa com a Casa de Pedra antes", disse. O diretor afirmou ainda que a empresa trabalha para realizar a operação "o quanto antes", mas não deu previsão de quando isso poderá acontecer. Disse apenas que, uma vez concluída a reestruturação das minas, "assim que o mercado permitir", será retomado o processo de IPO da Casa de Pedra. "O IPO continua em pauta e as negociações estão em andamento", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.