Tamanho do texto

Erro em uma compra forçou a paralisação da cotação de ações da Apple na bolsa

A cotação das ações da Apple, a empresa mais valiosa do mundo, teve que ser paralisada nesta sexta-feira temporariamente no mercado nova-iorquino Nasdaq depois que um erro levou a que seus títulos caíssem mais de 10%.

Uma hora e meia depois do início da sessão em Wall Street, a firma BATS Global Markets realizou por erro uma compra de 100 ações do gigante do Vale do Silício por um valor de US$ 542,80. A falha fez com que as ações do criador do Ipad sofressem uma queda superior a 10%, o que levou o mercado Nasdaq a ter de paralisar durante alguns minutos a cotação das ações da Apple.

A BATS Global Markets anunciou pouco depois em seu site que estava "investigando ativamente um problema", que acontece no mesmo dia no qual a companhia estreou na bolsa após arrecadar US$ 100,80 milhões com sua oferta pública de venda de ações (OPV).

Justamente nesta sexta-feira o jornal "The Wall Street Journal" publicou que a Comissão da Bolsa de Valores dos EUA (SEC, na sigla em inglês) está investigando firmas de corretagem de "alta frequência" porque poderiam estar limitando a concorrência ou manipulando os mercados, entre as quais estaria a BATS.

A normalidade voltou rapidamente à cotação da Apple e por volta do meio da sessão suas ações caíam 0,6% ou US$ 3,63, ao valor de US$ 595,71 cada uma, enquanto desde que começou o ano se dispararam o 47,59 %. Graças a essa forte revalorização, a firma de Cupertino (Califórnia) se transformou na empresa mais valiosa do mundo com um valor de mercado que supera os US$ 557 bilhões, muito acima da segunda mais valiosa, a Exxon Mobil, cuja cotação se situa em US$ 404 bilhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.