Tamanho do texto

Se ontem os mercados tiveram um dia mais tranquilo, o quadro já se inverteu nesta quarta-feira

Se ontem os mercados tiveram um dia mais tranquilo, cuja redução da aversão a risco ajudou as bolsas e as commodities, o quadro já se inverteu nesta quarta-feira. Preocupações com a Grécia e com indicadores econômicos americanos de atividade voltaram a prejudicar o humor dos investidores.

No mercado de juros futuros, os contratos recuam em bloco na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), na cola dos Treasuries americanos. Por volta das 12h, o Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em julho de 2012 mantinha taxa de 12,12%, enquanto o de outubro cedia 0,01 ponto percentual, a 12,30%. Além disso, o contrato de janeiro de 2012 recuava 0,02 ponto, a 12,38%.

Entre os DIs de prazos mais dilatados, o do início de 2013 apresentava queda de 0,02 ponto, a 12,45%, o de janeiro de 2014 recuava 0,02 ponto, a 12,36%, mesma baixa do DI do início de 2015, com taxa de 12,34%. Os contratos de abertura de 2016 e 2017 perdiam ainda 0,02 ponto cada, a 12,27% e 12,17%, respectivamente.

Logo mais, o Banco Central (BC) divulga o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) de abril. O mercado, contudo, segue à espera da ata referente à última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que sai na manhã de quinta-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.