Tamanho do texto

Contrato à vista de 250 gramas fechou a R$ 95 na bolsa brasileira

SÃO PAULO - A cotação do ouro no mercado financeiro renovou recorde pelo terceiro dia seguido em Nova York. O metal também atingiu seu melhor patamar de cotação por aqui, na BM&F. Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato futuro de ouro para dezembro fechou cotado a US$ 1.852 a onça-troy, alta de 1,7% - só hoje o preço do contrato subiu US$ 30. Analistas preveem que o contrato atinja US$ 2 mil nas próximas semanas.

Já no segmento BM&F da bolsa, o contrato à vista de ouro de 250 gramas fechou a R$ 95, recorde de cotação. Na quinta, o contrato fechou a R$ 92,70. Este é um mercado pouco líquido no Brasil, mas hoje registrou negociação de 1.547 contratos, com volume financeiro de R$ 37 milhões, um salto e tanto se comparado aos 41 contratos transacionados na quinta-feira.

A valorização do metal se dá em meio aos temores dos investidores sobre as perspectivas de desaceleração do crescimento global e da crise da dívida soberana na Europa, cuja preocupação já respinga no sistema bancário do velho continente. (Thais Folego | Valor)

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.