Tamanho do texto

As intervenções do BC impactam as reservas internacionais do país, que em maio aumentaram para US$ 333,017 bilhões

Em maio, os bancos reduziram suas posições vendidas para US$ 9,301 bilhões, ante US$ 11,731 bilhões ao fim de abril, informou o Banco Central (BC). As compras da autoridade monetária no mercado de câmbio à vista somaram US$ 4,273 bilhões. Nas aquisições do BC, US$ 4,272 bilhões foram em operações à vista, enquanto US$ 1 milhão foi adquirido em leilões de câmbio a termo (a prazo), em igual período.

As intervenções do BC impactam as reservas internacionais do país, que em maio aumentaram para US$ 333,017 bilhões, contra US$ 328,062 bilhões em abril. A variação das reservas no mês foi no valor de US$ 4,955 bilhões. Segundo o BC, US$ 682 milhões foram adicionados de outras operações, incluindo rentabilidade dos ativos no exterior.

Leia mais:

- Fluxo cambial abre junho positivo em US$ 261 milhões
- Fluxo cambial de maio fica positivo em US$ 5,2 bilhões

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.