Tamanho do texto

Órgão regulador bancário do país pretende limitar os riscos de crédito das instituições financeiras chinesas

selo

O órgão regulador bancário da China afirmou que os bancos comerciais do país deverão implementar novas regras de supervisão de capital com o objetivo de limitar os riscos de crédito a partir de 1º de janeiro de 2012. As novas regulamentações irão gradualmente endurecer as exigências de capital para obedecer aos padrões de Basileia 3.

Bancos importantes para o sistema têm de cumprir uma proporção de adequação de capital mínima de 11,5% até o fim de 2013, enquanto bancos menos importantes precisarão de 10,5% até o fim de 2016, informou a Comissão Regulatória Bancária da China em comunicado divulgado hoje. A comissão está esperando comentários públicos sobre as novas regras.

A comissão já havia solicitado que os bancos começassem a se preparar para as novas exigências, mas disse que dará um prazo de dois anos para as instituições que tiverem dificuldades para atender aos novos padrões. As novas regras também incluem mudanças no cálculo da adequação de capital e uma ampliação da cobertura de risco. As informações são da Dow Jones.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.